Anatoli Antonov nomeado novo embaixador russo nos Estados Unidos

Antonov vai substituir no cargo Serguei Kisliak, sendo este último acusado pelos "media" norte-americanos de conspiração para facilitar a eleição do Presidente Donald Trump

O vice-ministro dos Negócios Estrangeiros russo, Anatoli Antonov, foi nomeado esta segunda-feira embaixador da Rússia nos Estados Unidos, anunciou o Kremlin, numa altura de tensão nas relações entre Moscovo e Washington.

"Anatoli Ivanovitch Antonov foi nomeado por um decreto presidencial embaixador extraordinário e plenipotenciário da Federação da Rússia nos Estados Unidos", indica num comunicado.

Considerado um diplomata experiente e um negociador implacável, Antonov, 62 anos, vai substituir no cargo Serguei Kisliak.

Este último foi acusado pelos 'media' norte-americanos de ter conspirado para facilitar a eleição do Presidente Donald Trump, depois de terem sido revelados encontros com os conselheiros do candidato republicano.

Anatoli Antonov, que fala fluentemente o inglês e o birmanês de acordo com o seu perfil no 'site' da diplomacia russa, era vice-ministro dos Negócios Estrangeiros desde dezembro de 2016.

Entre 2011 e 2016, foi vice-ministro da Defesa, após ter dirigido durante sete anos o departamento encarregado das questões de segurança e do desarmamento no Ministério dos Negócios Estrangeiros.

Antonov, alvo de sanções da União Europeia pelo seu alegado papel na crise ucraniana, "é um defensor da linha dura, que compreende bem os assuntos de que fala e que conhece muito bem o Ocidente", resume o especialista Alexandre Gabouiev, do Centro Carnegie em Moscovo.

"É um apoiante fiel da política do Kremlin, mas não está assim tão inclinado para acreditar nas teorias de conspiração", como "muitos" responsáveis no exército russo e na comunidade de informações, adianta.