Acusações dos EUA sobre pirataria são indecentes, diz Kremlin

Responsáveis dos serviços de informação dos Estados Unidos acreditam que Putin está pessoalmente envolvido no caso da pirataria informática que marcou as presidenciais

As declarações da Casa Branca acusando a Rússia de ter perturbado a eleição presidencial norte-americana com a ajuda de piratas informáticos são indecentes, considerou hoje o porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov.

Relativamente à presumível responsabilidade de Moscovo na pirataria, "deve-se parar de falar e apresentar provas. Senão, isto é apenas indecente", declarou Peskov aos jornalistas à margem de uma deslocação do presidente Vladimir Putin a Tóquio.

O presidente Barack Obama disse na quinta-feira que o seu governo "vai tomar medidas" contra a Rússia pelos ataques informáticos ocorridos durante as eleições para a Casa Branca com o objetivo de interferir nos resultados.

A votação deu a vitória ao republicando Donald Trump sobre a democrata Hillary Clinton.

Obama, que dará hoje às 14:15 locais (19:15 em Lisboa) uma conferência de imprensa antes de partir de férias, deve ser longamente interrogado sobre os ataques informáticos.

A Rússia já rejeitou por diversas vezes as suspeitas norte-americanas, classificando-as de "gratuitas", "não profissionais" e de "não estarem apoiadas em qualquer informação ou prova".

Trump, por seu turno, voltou a sugerir na quinta-feira que a Casa Branca tem intenções partidárias ao acusar a Rússia de estar por trás da ação dos piratas informáticos contra a sua rival democrata.

Responsáveis dos serviços de informação dos Estados Unidos acreditam que Putin está pessoalmente envolvido no caso da pirataria informática que marcou as presidenciais de 08 de novembro.

A rede de televisão NBC divulgou que o envolvimento de Putin teria sido motivado por um desejo de vingança contra Hillary Clinton e que ele próprio teria dado instruções sobre como filtrar e utilizar as mensagens roubadas ao Partido Democrata através da pirataria informática.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG