A mulher mais velha a dar à luz? Indiana de 74 anos teve gémeas

Casados há 57 anos e sem filhos, Mangayamma Yaramati e o marido, de 80 anos, recorreram a tratamento de fertilização, com um óvulo doado

Mangayamma Yaramati, de 74 anos, da zona rural do estado de Andhra Pradesh, na Índia, é bem capaz de ser a mulher mais velha de sempre a dar à luz: de acordo com a imprensa local, ela ficou grávida com um tratamento FIV (fertilização in vitro) e, na passada quinta-feira, deu à luz duas bebés gémeas através de cesariana.

"A cirurgia correu bem. A mãe e os bebés estão saudáveis e sem complicações", disse ao canal de televisão CNN Sanakayyala Umashankar, o médico responsável pelo Hospiital Ahalya, em Guntur, e que realizou a cesariana.

Mangayamma e o seu marido de 80 anos, Sitarama Rajarao, estão casados desde 1962 mas nunca conseguiram que ela engravidasse naturalmente. O casal confessou que tinha sido estigmatizado na sua comunidade pelo facto de não ter filhos. "As pessoas olhavam-me com olhos acusadores como seu eu tivesse cometido um pecado", contou a mulher ao jornal Times of India. "Os vizinhos chamavam-me 'godralu' (uma alcunha para mulher sem filhos). Mas o meu marido apoiou-me como uma rocha."

Em 2018 consultaram o dr. Umashankar com o objetivo de serem pais. Apesar da idade, a mulher é muito saudável e não sofre nem de diabetes nem de hipertensão. Depois de realizados os devidos testes médicos, o especialista aceitou realizar a fertilização in vitro. O médico diz que ficou bastante impressionado com a "força de vontade" de Mangayamma.

Uma vez que que Mangayamma entrou na menopausa há 25 anos, foi usado um óvulo de uma doadora que depois foi fertilizado com o esperma de Rajarao, explicou o Hindustan Times. Mangayamma engravidou logo na primeira tentativa e desde janeiro que está internada no hospital.

Uma Shankar, a médica que a acompanhou na gravidez, garantiu ao jormal britânico The Guardian que a sua paciente foi cuidada "de maneira científica": "Durante o tratamento tivemos três grupos de médicos: um que tomava conta da sua saúde geral, um que cuidava da sua nutrição e outro que acompanhava a gravidez". Estes médicos monitorizavam a grávida diariamente. Além disso, Mangayamma Yaramati também está a ter aconselhamento psicológico.

A gravidez correu bem mas, tendo em conta a idade da mãe, os médicos optaram por realizar uma cesariana e Mangayamma ficará em observação durante 21 dias. "A mãe não está a amamentar e os bebés serão alimentados com recurso a um banco de leite", explicou o médico.

"Somos o casal mais feliz do mundo neste momento. Temos as nossas próprias fllhas", declarou Rajarao. Quando perguntaram ao pai como é que iria cuidar das filhas, ele respondeu: "Nada está nas nossas mãos. O que tiver de ser, será. Está tudo nas mãos de deus."

Tudo indica que Mangayamma Yaramati é a mulher mais mais velha de sempre a dar à luz. Em 2016, em Punjab, também na Índia, Daljinder Kaur foi mãe pela primeira vez aos 70 anos.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG