William: "ninguém deveria sofrer bullying pela sua sexualidade"

Herdeiro ao trono britânico insurge-se, em entrevista à 'Attitude Magazine' contra o bullying a membros da comunidade LGBT.

O príncipe William é capa da edição de julho da revista Attitude Magazine. O herdeiro ao trono britânico encontrou-se com vários jovens da comunidade lésbica, gay, bissexual e transgénero (LGBT) e demonstrou a sua indignação com as histórias de bullying que ouviu. "Ninguém deveria sofrer bullying pela sua sexualidade ou por qualquer outra razão. E ninguém deveria suportar o ódio que estas pessoas aguentaram ao longo das suas vidas".

William, juntamente com o irmão, Harry e a mulher, Kate Middleton, são porta-vozes da iniciativa Heads Together, que tem por objetivo lutar contra o bullying e promover a saúde mental e o bem-estar.

O príncipe torna-se, assim, o primeiro membro da família real britânica a surgir na capa de uma revista gay.

O encontro com o grupo de jovens aconteceu a 12 de maio no palácio de Kensington. "Os jovens LGBT que conheci através da Attitude são verdadeiramente corajosos por falarem publicamente e dão esperança a pessoas que sofrem bullying. A sua força e otimismo devem dar-nos coragem para nos opormos ao bullying sempre que o virmos", disse ainda William.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG