Empresário russo quer fazer uma versão dos "Hunger Games" na Sibéria

Os concorrentes têm de ter mais de 18 anos e ter saúde física e mental para participar

Sobreviver nove meses no frio siberiano. O objetivo? Chegar ao fim vencedor e levar para casa cerca de milhão e meio de dólares. O processo? Trinta concorrentes, filmados 24 horas por dia, num programa emitido online, um reality show da era da internet.

O projeto chama-se Game2: Winter e está a ser comparado a uma versão da vida real do torneio da saga The Hunger Games (Os Jogos de Fome), menos as mortes. Mas nem isso é garantido já que os produtores salientam que os concorrentes têm de assinar um documento em que os ilibam de responsabilidades, em caso de acidente.

Os concorrentes têm de ter mais de 18 anos e ter saúde física e mental para participar, sendo escolhidos na página do projeto, por votação popular, ou pagando para entrar. Não precisam de falar russo, já que os produtores querem que o programa seja global.

Segundo o Siberian Times, os participantes, que vão receber treino de sobrevivência para enfrentar temperaturas que podem chegar aos 30 negativos, podem usar facas, mas não armas, e um máximo de 100 kg de equipamento.

"Toda a taiga estará coberta de câmaras. Além disso, cada participante terá uma câmara portátil", explica o empresário russo Evgueni Piatkovski. O público pode ver o seu concorrente favorito ou ver a versão editada, acrescenta, citado pela Sputnik News.

Apesar de só agora terem revelado o projeto já receberam mais de 300 inscrições. O objetivo é começar em julho de 2017 e acabar em abril de 2018. Os que quiserem desistir podem fazê-lo, claro, mas só os que chegarem ao fim ganham o prémio, que poderá ser dividido.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG