Correspondente da revista alemã Der Spiegel obrigado a deixar Turquia

Foi negada autorização de residência ao jornalista Hasnain Kazim

A revista alemã Der Spiegel anunciou hoje que o seu correspondente na Turquia foi obrigado a deixar o país porque as autoridades não renovaram a sua acreditação, considerando que a decisão afeta "a liberdade de imprensa".

"Este comportamento em relação ao nosso correspondente (...) é, na nossa opinião, intolerável e afeta a liberdade de imprensa", denuncia a Der Spiegel no seu 'site' na Internet.

Segundo a revista, apesar de "meses de esforços" o jornalista Hasnain Kazim não conseguiu obter a acreditação e, consequentemente, a autorização de residência.

"Em numerosos artigos, ele permitiu um esclarecimento, de modo equilibrado mas crítico, sobre os abusos e os erros do governo, como faz todo o bom jornalista", adianta.

"O comportamento das autoridades turcas apenas nos pode levar a uma conclusão, que o nosso correspondente é indesejável devido ao seu trabalho", considera.

Segundo fontes diplomáticas na Turquia, o gabinete de imprensa do primeiro-ministro, Ahmet Davutoglu, recusou renovar a carteira profissional de oito dos cerca de 20 jornalistas alemães acreditados, questão que terá sido discutida entre o chefe do governo turco e a sua homóloga alemã, Angela Merkel.

As autoridades turcas são acusadas de uma deriva autoritária e nomeadamente de amordaçar a imprensa crítica com, por exemplo, a colocação sob tutela do mais importante diário da oposição, Zaman, no início de março.

Exclusivos

Premium

Ferreira Fernandes

A angústia de um espanhol no momento do referendo

Fernando Rosales, vou começar a inventá-lo, nasceu em Saucelle, numa margem do rio Douro. Se fosse na outra, seria português. Assim, é espanhol. Prossigo a invenção, verdadeira: era garoto, os seus pais levaram-no de férias a Barcelona. Foram ver um parque. Logo ficou com um daqueles nomes que se transformam no trenó Rosebud das nossas vidas: Parque Güell. Na verdade, saberia só mais tarde, era Barcelona, toda ela.