Treinador do Marítimo avisa: "Em casa somos competentes e fortes"

O treinador do Marítimo, Daniel Ramos, disse hoje que pretende terminar a temporada "da melhor forma", com um resultado positivo diante do Sporting, no domingo, na partida da 34.ª e última jornada da I Liga de futebol.

"Queremos um jogo positivo. Queremos, ao máximo, procurar dar novamente uma alegria aos nossos adeptos e queremos sair com a sensação de que tudo fizemos para que o resultado e a época termine da melhor forma", salientou, destacando o resultado e a imagem finais da equipa, na conferência de imprensa de antevisão.

O Sporting vem à Madeira tentar garantir o segundo lugar, que dá acesso à pré-eliminatória da Liga dos Campeões, que está a disputar com o rival Benfica, algo que passa ao lado das preocupações de Daniel Ramos.

"Se o Sporting está mais ou menos pressionado, na possibilidade de ficar em segundo ou não, em função do resultado que vamos ter, para nós é secundário neste momento. Aquilo que eu quero é continuar a ter boas prestações e continuar a somar êxitos", comentou.

Para o técnico 'verde rubro', não se trata de "estragar a festa" aos 'leões', mas sim cumprir a missão de pontuar, em que o empate é também considerado um resultado positivo e o histórico nos Barreiros mereceu ênfase.

"Por curiosidade, fui ver o registo caseiro do Marítimo e, desde que cheguei, tenho 31 jogos e o Marítimo tem três derrotas em casa. Em casa, nós somos competentes e fortes e, mais uma vez, vamos tentar demonstrá-lo", lembrou.

Bas Dost é um nome a ter em conta, embora Daniel Ramos esteja mais preocupado com o coletivo 'verde e branco', numa semana em que tentou "proteger" a equipa, na procura de esconder a estratégia para o jogo.

A tentativa falhada de conseguir o quinto lugar, que poderá dar acesso às competições europeias, foi questionada, em jeito de balanço da época, ao qual Daniel Ramos prontamente respondeu de que não se trata de uma desilusão e deu exemplos recentes de outros clubes.

"Vejam o que aconteceu ao Paços de Ferreira, que foi à Liga dos Campeões e, depois, teve de jogar um 'play-off' para não descer. O Estoril Praia já aconteceu o mesmo. O Arouca, que desceu de divisão depois de conseguir a Liga Europa. Fazer uma prestação positiva no segundo ano, tal como a que o Marítimo fez este ano, acho que é de relevo. Até à penúltima jornada o Marítimo esteve presente e sinto que foi mais uma época ganha", referiu.

Daniel Ramos confirmou já estar a preparar a próxima temporada, visto que tem mais um ano de contrato, e revelou que irá ter uma reunião com o presidente Carlos Pereira na próxima semana, já que há "arestas a limar".

No final da conferência, foi pedido ao técnico uma opinião sobre o que tem sido noticiado e falado sobre o futebol fora das quatro linhas e Daniel Ramos pretende uma imagem diferente.

"Um lamento grande a tudo o que é especulado e não é comprovado, o que leva a que o futebol seja mais negativo do que positivo. Acho que se devia dar mais relevo àquilo que acontece dentro das quatro linhas, no pré e no pós-jogo", respondeu, desejando que o futebol seja pensado e discutido de uma forma mais positiva.

O Marítimo, sétimo classificado com 44 pontos, recebe o Sporting, segundo com 78, no domingo, com o apito inicial marcado para as 18:00.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG