Porto lança cartão da cidade. E mais de 5 mil já aderiram

Reduções em museus, teatros, piscinas e utilização gratuita do elevador dos Guindais são algumas das vantagens do cartão. Destina-se aos moradores da cidade e é gratuito.

Mais de cinco mil pessoas já aderiram ao cartão oferecido pela Câmara do Municipal do Porto (CMP). A emissão é gratuita e acessível a cidadãos singulares com domicílio fiscal e estudantes com quarto ou casa arrendada na cidade, podendo ser pedida também online. "Estamos muito satisfeitos com a adesão ao cartão, que está a superar as nossas expectativas iniciais", conta ao DN Filipe Araújo, vice-presidente da CMP e vereador do pelouro da Inovação e Ambiente.

Segundo o responsável, a iniciativa seguiu a "lógica da discriminação positiva". "Pretendemos criar um cordão umbilical com o munícipe. É esta a relação que queremos construir. Surgiu numa lógica de proximidade com o munícipe e de discriminação positiva. É algo que está no nosso programa deste mandato", explica. Filipe Araújo adianta ainda que a iniciativa permitiu a "auscultação de várias entidades da cidade e envolveu vários intervenientes". "Trata-se de um cartão que envolve várias áreas, desde a cultura, à mobilidade e ao ambiente. É um cartão evolutivo, que vai procurando responder às necessidades dos munícipes. A partir de junho, o Cartão Porto passará a ser também um Cartão Andante 13.18, podendo ser utilizado nos transportes públicos."

A portuense Paula Silva aderiu ao cartão no dia do lançamento e confessa-se ansiosa por poder usufruir das suas vantagens "sem condicionantes pandémicos". "Sou uma pessoa que faz planos todos os fins de semana e procuro teatros, museus, exposições da cidade. Confesso que o preço, por vezes, pesa nas minhas decisões. Com os descontos que passamos a ter, já não terei mais de me conter", explica. Paula Silva acredita ainda que o cartão vai permitir que "pessoas não habituadas a usufruir das ofertas culturais da cidade o possam agora fazer". Filipe Araújo também acredita que o cartão irá "atrair um novo público".

"Queremos que os munícipes possam usufruir ainda mais da oferta cultural da cidade. Acreditamos que o Cartão Porto vá contribuir para que se frequentem mais os teatros e museus da cidade. Queremos que o munícipe se sinta convidado a ir aos espaços culturais de forma continuada", explica. Para já, ainda não se pode fazer um balanço da criação do cartão e do expectável aumento de pessoas em teatros, museus ou piscinas, porque muitos locais estão ainda fechados devido ao confinamento. "Com as aberturas, acreditamos que teremos um crescimento nas adesões ao cartão. É muito cedo para saber o número de pessoas a usufruir, mas estou convicto de que, com aquilo que o cartão oferece, o número de adesões não pare de crescer. Com pouca comunicação, já temos mais de 5 mil adesões", conclui Filipe Araújo.

Linha Porto para tirar dúvidas

Criada há poucos meses, a Linha Porto foi criada com o objetivo de aproximação dos portuenses à autarquia, permitindo o acesso a vários tipos de informação, canalizando vários serviços numa só linha. O número único 220 100 220 dá acesso ao esclarecimento de assuntos sobre procedimentos administrativos e permite que se reportem ocorrências, simplificando o contacto entre munícipes e autarquia.

Segundo a CMP, são atendidas, em média, 825 chamadas por dia. Nestes meses de pandemia de covid-19, a maioria dos portuenses foram atendidos através da linha, em detrimento do atendimento presencial. No site da autarquia, podem ser descarregados ou preenchidos vários formulários, não sendo necessária a presença do cidadão.

Descontos e vantagens

- Bibliotecas Municipais: acesso a serviço de empréstimo domiciliário, press reader e espaço internet.
- Piscinas Municipais: desconto de 50% e acesso às instalações e prática de modalidade.
- Teatros Municipais: desconto de 50% no Teatro Rivoli e no Teatro do Campo Alegre.
- Entrada gratuita em todas as estações do Museu da Cidade.
- Desconto de 50% em todas as atividades organizadas pelos serviços culturais.
- Desconto entre 10 e 20% em produtos e publicações culturais.
- Visita gratuita aos Paços do Concelho (marcação prévia).
- Utilização gratuita do elevador dos Guindais.
- Acesso prioritário aos créditos de inscrição em atividades, workshops e oficinas dos serviços de educação ambiental.
- Desconto de 50% no aparcamento de bicicletas no Parque da Cidade.
- Desconto de 50% na entrada no Pavilhão da Água.
- Avisos via SMS (informações de condicionamentos de trânsito e do serviço municipal da proteção civil).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG