Castelo de São Jorge encerra espaços ao ar livre

O Castelo de São Jorge encerrou esta segunda-feira. A área ao ar livre do monumento deixa também de estar aberta ao público.

Em comunicado, a Câmara Municipal de Lisboa esclareceu que as zonas ao ar livre se mantiveram abertas, até hoje, "como forma de apoio à dispersão de turistas pela cidade", de maneira a evitar grandes concentrações de pessoas num só espaço. A CML anuncia, agora, o encerramento total do Castelo.

Os espaços interiores deste monumento, como o museu, estavam já inacessíveis para o público, assim como todos os outros "equipamentos desportivos, culturais e recreativos com funcionamento em espaço fechado" da autarquia.

Na última sexta-feira, o Sindicato de Trabalhadores do Município de Lisboa emitiu um comunicado em que pedia a salvaguarda da saúde pública neste espaço e a defesa do bem-estar dos trabalhadores do Castelo de São Jorge. A CML garante, ainda, neste esclarecimento, que "foram implementadas todas as medidas de proteção sobre atendimento público aos trabalhadores das bilheteiras". A venda de bilhetes fica, agora, suspensa.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG