Vacinados em Nova Iorque arriscam-se a ganhar a lotaria

O programa piloto oferecerá prémios que podem chegar aos 20 milhões de dólares (cerca de 16,3 milhões de euros) e decorrerá nos dias úteis da próxima semana

As pessoas que sejam vacinadas contra a covid-19 num local de vacinação estatal em Nova Iorque, na próxima semana, vão receber uma "raspadinha" da lotaria que as habilita a prémios que podem atingir os milhões de dólares.

O programa piloto oferecerá prémios que podem chegar aos 20 milhões de dólares (cerca de 16,3 milhões de euros) e decorrerá nos dias úteis da próxima semana, nos dez espaços de vacinação geridos pelo Estado, afirmou esta quinta-feira segundo o governador Andrew Cuomo, empenhado em aumentar as taxas de cobertura vacinal.

"É uma situação em que todos ganham", acrescentou, durante uma conferência de imprensa, em Buffalo.

O governador disse que há uma hipótese em nove de ganhar um prémio de raspadinha em Nova Iorque, ao qual se estão a juntar outros estados, incluindo Ohio, com incentivos semelhantes à lotaria.

Apenas os residentes com 18 anos ou mais são elegíveis, de acordo com um comunicado de imprensa.

Nova Iorque também planeia instalar locais de vacinação "pop-up" em sete aeroportos de todo o estado para residentes dos Estados Unidos, incluindo trabalhadores dos aeroportos.

Nova Iorque vacinou completamente cerca de 43% dos seus 20 milhões de residentes, acima da média nacional (37,8%).

Ainda assim, Cuomo disse que o ritmo das vacinações abrandou, passando de uma média de 216.040 inoculações em abril para 123.806 em maio.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 3.419.488 mortos no mundo, resultantes de mais de 164,8 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG