Exclusivo Tunísia: Kais Saied, o Constitucionalista Conservador

O presidente "Robocop" foi contestado nas ruas e voltou o slogan que se gritou na Primavera Árabe - "O Povo quer o que tu não queres"! Todos sabemos como terminou em 2011. Fica a dúvida do que o próximo capítulo trará aos tunisinos.

Também apelidado de "Senhor Limpo", em razão do seu aspeto imaculado quando se deu a conhecer nos ecrãs tunisinos, a partir de 2011, enquanto convidado a comentar os caminhos possíveis para o pós-revolução, o atual presidente (PR) da Tunísia ganhou ainda outro "cognome", mais apelativo, desde que assumiu a presidência do país, em outubro de 2019, o de "Robocop" (de Cartago, acrescento eu), fruto da combinação entre o seu ar austero e "limpo" e da sua dicção mecânica com espasmos contínuos. Quando fala, parece aquele colega de trabalho mais velho, que todos/as já tivemos e que nunca se habituou a deixar recados num atendedor de chamadas.

O académico que se tornou comentador político, tem-se tornado um verdadeiro enigma para os tunisinos, desde que se assumiu como mais alto magistrado da nação. Nacionalista austero para uns, esquerdista e/ou integrista para outros, é na generalidade considerado como inflexível nos seus princípios. E que princípios são esses?

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG