Exclusivo "Biden não fará qualquer progresso no conflito israelo-palestiniano"

Da conjugação do colonialismo britânico com o projeto sionista ao legado de Donald Trump, livro sobre a Palestina foi pretexto para conversa com o autor também sobre a atualidade.

Sobrinho-neto do autarca de Jerusalém que tentou dissuadir o autor do projeto sionista, sobrinho do líder que recusou a proposta britânica que previa a autodeterminação da Palestina, filho de um diplomata colocado nas Nações Unidas - daí ter nascido e crescido em Nova Iorque -, Rashid Khalidi é professor universitário e historiador. Os seus livros centram-se na terra dos seus antepassados, seja na análise da questão da identidade, seja na luta dos palestinianos pela criação de um Estado. Em A guerra de cem anos na Palestina, traduzido como Palestina - Uma biografia, os acontecimentos de 1917 a 2017 estão divididos em seis capítulos, ou antes, seis "declarações de guerra", numa escrita que liga os factos às memórias pessoais e documentos da família.

Este livro parte de um ponto de vista original, a do historiador participante. Como foi escrever na primeira pessoa sobre acontecimentos históricos?

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG