Quatro mortos em tiroteio num jardim de infância na Rússia

Há registo de duas crianças e uma funcionária que foram mortas. O atacante suicidou-se no local.

Um homem armado abriu fogo esta terça-feira num jardim de infância na região central de Ulyanovsk, na Rússia, causando pelo menos três mortos, disseram as autoridades regionais à agência de notícias Interfax esta terça-feira.

"Confirmamos o tiroteio e que há quatro mortos", disse um representante das autoridades regionais. Uma fonte da polícia disse à agência de notícias TASS que duas crianças foram mortas no ataque, assim como uma funcionária. Além das três vítimas do tiroteio, o atacante, de 67 anos, suicidou-se no local.

O diretor do departamento de informação da região de Ulyanovsk, Dmitry Kamal, disse que as idades das crianças mortas não são conhecidas, mas que seriam entre os três e os seis anos.

Uma fonte das forças policiais disse à agência de notícias TASS que o tiroteio pode ter sido resultado de um "conflito doméstico".

De acordo com o canal do Telegram Baza, conhecido por ter fontes nas forças policiais russas, o homem entrou no jardim de infância durante a hora da sesta com uma espingarda. Não havia nenhum guarda de serviço.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG