Príncipe William critica turismo espacial e pede atenção ao planeta Terra

"Precisamos que as maiores mentes do mundo estejam focadas em reparar este planeta", defendeu o duque de Cambridge nas vésperas da realização da cimeira do clima.

O príncipe William fez fortes críticas ao turismo espacial, apelando a que haja mais atenção aos problemas do planeta Terra, quando se aproxima a cimeira sobre o clima, a COP26, que vai realizar-se na Escócia, entre os dias 31 de outubro e 12 de novembro.

As palavras do duque de Cambridge, neto da rainha Isabel II, foram proferidas em entrevista ao podcast Newscast da BBC, nesta quinta-feira, um dia depois de William Shatner, o capitão Kirk de "Star Trek" ter participado na segunda missão tripulada do Blue Origin, do magnata Jeff Bezos, fundador da Amazon.

A missão replicou o voo inaugural da Blue Origin, em julho, no qual viajou o próprio Bezos, e foi visto como um momento decisivo para o setor do turismo espacial..

No entanto, o príncipe William defendeu: "precisamos que alguns dos maiores cérebros e mentes do mundo estejam focados em reparar este planeta, não em tentar encontrar o próximo lugar para ir e viver".

Declarações de William antes de participar na cerimónia inaugural dos prémios Earthshot, que vai decorrer no domingo, uma iniciativa que pretende distinguir os que trabalham em soluções ambientais.

"Se não temos cuidado, vamos roubar o futuro dos nossos filhos devido ao que fazemos agora. E isso não é justo"

Antecipando a cimeira da COP26, em Glasgow, que começa no final deste mês, o duque de Cambridge alertou os líderes mundiais para "discursos inteligentes, palavras inteligentes, mas não ação suficiente".

"Seria um desastre absoluto se George [filho mais velho do príncipe] estivesse sentado aqui... daqui a 30 anos, a dizer a mesma coisa, porque, nessa altura, será demasiado tarde", declarou.

A rainha Isabel II, o príncipe Carlos, juntamente com o seu filho William, vão participar nos eventos da cimeira do clima, que vai ter uma duração de duas semanas.

A COP26 vai tentar persuadir as principais economias do mundo a fazer mais para reduzir as suas emissões de carbono e fazer com que os países mais ricos disponibilizem mais verbas para ajudar os países pobres a adaptarem-se às mudanças climáticas.

"Se não temos cuidado, vamos roubar o futuro dos nossos filhos devido ao que fazemos agora. E isso não é justo", afirmou ainda o príncipe William à BBC.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG