Pelo menos quatro mortes em desabamento de praça de touros na Colômbia

Entre as vítimas mortais conta-se um menor. O acidente aconteceu quando uma tribuna de madeira desabou.

O desabamento de um dos palcos da praça de touros do município colombiano de El Espinal, Tolima (centro), provocou este domingo pelo menos quatro mortos e dezenas de feridos, de acordo com o relatório preliminar das autoridades locais.

O governador de Tolima, Ricardo Orozco, assegurou à emissora Blu Radio que a tragédia provocou até agora quatro mortos, dos quais um menor.

"Lamentamos profundamente o sucedido na nossa praça de touros Gilberto Charry, quero pedir aos cidadãos que estão na praça de touros que por favor se retirem, os organismos de controlo estão a responder à emergência e os feridos já foram levados para os hospitais", escreveu, por sua parte, o autarca de El Espinal, Juan Carlos Tamayo.

Nos vídeos publicados nas redes sociais vê-se como durante uma 'corraleja' - como são conhecidas as festas populares de touros na Colômbia - uma tribuna de madeira lotada de pessoas desabou.

O Presidente eleito da Colômbia, Gustavo Petro, afirmou na rede social Twitter: "Espero que todas as pessoas afetadas pelo desabamento da praça de El Espinal possam recuperar das suas feridas".

"Isto já tinha acontecido antes em Sincelejo (capital da região caribenha de Sucre). Peço aos autarcas que não autorizem mais espetáculos com a morte de pessoas ou animais", expressou Petro, que assumirá a presidência em 07 de agosto.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG