Kiev resistiu a noite difícil. Zelensky volta a dizer "estou aqui"

"Preciso de munição, não de uma boleia". Foi como o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, reagiu à oferta dos EUA para o retirarem de Kiev. O dia amanheceu na capital ucraniana com relatos de disparos nas ruas, mas a cidade resistia ainda à ofensiva militar russa. A noite foi difícil, com combates intensos no país.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG