Morreu o antigo presidente do Marselha Bernard Tapie

Com uma presença de muitas décadas na vida pública francesa, sobretudo como empresário e político, Tapie morreu este domingo, aos 78 anos.

O empresário francês e ex-político Bernard Tapie morreu este domingo (3 de outubro), aos 78 anos após uma batalha de quatro anos contra o cancro.

"Dominique Tapie e sua família têm a imensa tristeza de anunciar a morte de seu marido e de seu pai, Bernard Tapie, neste domingo", refere um comunicado da família enviado ao jornal La Provence de Marselha, do qual Tapie era o acionista majoritário. De acordo com a nota, Tapie deverá ser enterrado em Marselha, a "cidade do seu coração".

Nascido em Paris, de origem humilde, Bernard Tapie transformou-se num empresário bem sucedido, um magnata dos negócios que foi também o presidente de longa data do clube de futebol de Marselha. Com uma presença pública constante, ao longo de décadas, na vida pública francesa, Tapie conta igualmente vários papéis como ator.

Interessou-se pela política, tornando-se ministro de assuntos urbanos no governo socialista de François Mitterrand na década de 1990 e, mais tarde, deputado do Parlamento Europeu e da França.

Mas, ainda nos anos 90, Tapie estaria no centro de um escândalo de corrupção, acusado de aliciamento a jogadores adversários e a árbitros, para viciar o resultado dos jogos, o que levou o empresário à prisão e acabaria por levar o Olympique de Marselha a perder os títulos conquistados e, mais tarde, a descer de divisão.

O clube já veio, esta manhã, recordar o antigo presidente.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG