Menino de 7 anos e irmã de 24 morreram durante fogos de artifício em França

Cerca de sete pessoas ficaram feridas na explosão de fogos-de-artifício no feriado nacional de 14 de julho em Cholet.

Um menino de 7 anos e a sua irmã de 24 morreram durante a explosão de fogos-de-artifício no feriado nacional de 14 de julho em Cholet, oeste da França, em circunstâncias que ainda estão a ser investigadas, informou o Ministério Público nesta sexta-feira.

A investigação, aberta por homicídio involuntário, vai determinar como ocorreu o acidente por volta das 23h00 (22h00 em Portugal) perto do estádio Cholet, disse o promotor de Angers Eric Bouillard, contatado pela AFP na noite de quinta-feira.

A criança e a irmã participavam da queima de fogos com a família e estavam "a cerca de cinquenta metros do ponto de disparo" dos foguetes. Sete pessoas ficaram feridas, segundo o último balanço das autoridades.

O promotor garantiu que é "muito cedo" para falar sobre as circunstâncias do evento.

Laurent Picard, que participou no espetáculo com as suas duas filhas, colocou um vídeo no Facebook do que parece ser a explosão do foguete entre uma pequena multidão amontoada atrás de uma cerca, depois gritos e pessoas a correr em todas as direções.

Apesar do incidente, os fogos de artifício continuaram até ao fim e a multidão dispersou-se. Segundo o jornal Courrier de l'Ouest, cerca de 70 bombeiros foram enviados ao local.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG