Jacinda Ardern avisa que a pandemia não termina com Ómicron

Centenas de pessoas participaram numa manifestação para exigir o fim de todas as restrições na Nova Zelândia, durante o discurso de Jacinda Arden.

A primeira-ministra da Nova Zelândia, Jacinda Ardern, alertou esta terça-feira que a pandemia não vai terminar com a variante Ómicron e que podem surgir novas variantes.

Jacinda Ardern afirmou no seu primeiro discurso do ano no Parlamento que as autoridades devem continuar a preparar-se para futuros surtos.

"(A pandemia) não acabou, mas isso não significa que não podemos seguir em frente e progredir", disse a presidente, que perdeu parte da sua popularidade com o eleitorado nos últimos meses.

Segundo o jornal espanhol El Mundo, durante o discurso da primeira-ministra, centenas de pessoas participaram numa manifestação para exigir o fim de todas as restrições implementadas e da política de vacinação, obrigatória para alguns setores trabalhistas.

"O conselho dos especialistas afirma que a variante Ómicron não será a última variante que enfrentaremos este ano", disse Ardern no Parlamento.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG