Itália vai lançar comboios "covid-free"

Todos os funcionários e os passageiros serão testados "com a ajuda da Cruz Vermelha" antes de embarcarem.

A empresa estatal de caminhos-de-ferro italiana vai começar a operar, a partir do próximo mês, comboios "covid-free", isto é, livres do novo coronavírus. São comboios de alta velocidade que farão a ligação entre Roma e Milão.

Gianfranco Battisti, diretor executivo da Ferrovie dello Stato Italiane, disse que a iniciativa inédita na Europa é uma forma de revitalizar as viagens, mais de um ano depois de a pandemia ter obrigado ao confinamento.

"Vamos introduzir um comboio covid-free no início de abril... inicialmente entre Roma e Milão", disse Battisti num evento na principal estação de comboios de Roma, Termini. Depois, a ideia é alargar aos principais destinos turísticos do país, como Veneza, Florença ou Nápoles.

Todos os funcionários e os passageiros serão testados "com a ajuda da Cruz Vermelha" antes de embarcarem, disse. Atualmente, os comboios funcionam com 50% da sua capacidade e os passageiros têm que usar máscara. Nos comboios de alta-velocidade têm que ficar sentados no lugar designado.

A companhia aérea Alitalia teve uma ideia semelhante no ano passado, lançando voos onde todos os passageiros eram testados em rotas nacionais e internacionais.

Antes da pandemia, o turismo era responsável por 14% da economia italiana, disse o primeiro-ministro Mario Draghi no mês passado no Parlamento.

Os confinamentos e outras restrições tiveram um impacto devastador na indústria, com hotéis e restaurantes forçados a fechar durante meses.

As estadias de turistas estrangeiros caíram quase 70% em comparação com o ano passado, entre janeiro e setembro de 2020, segundo os dados divulgados em dezembro.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG