Coreia do Norte responde com silêncio a tentativas de contacto dos EUA

Alto funcionário da administração norte-americana disse à CNN que desde meados de fevereiro que os EUA tentam chegar à fala com Pyongyang, até agora sem qualquer sucesso.

A administração Biden tem tentado por "vários canais" chegar à fala com as autoridades da Coreia do Norte, mas até agora teve como única resposta o silêncio. A informação foi avançada à CNN por um alto funcionário do governo, não identificado, segundo o qual a administração norte-americana tentou "entrar em contacto com o governo norte-coreano por meio de vários canais a partir de meados de fevereiro", sem qualquer sucesso.

"Até agora não recebemos nenhuma resposta", adiantou o mesmo funcionário, sublinhando que isto acontece "após um ano sem qualquer diálogo ativo" com Pyongyang, apesar dos esforços norte-americanos. Sem adiantar mais pormenores, a mesma fonte sublinhou que a administração Biden tem vindo a analisar a política a seguir relativamente à Coreia do Norte, incluindo a "avaliação de todas as opções disponíveis para lidar com a crescente ameaça representada pela Coreia do Norte aos seus vizinhos e a comunidade internacional em geral". Durante este processo foram consultados antigos funcionários do governo com experiência nas relações com o regime de Pyongyang, nomeadamente membros da anterior administração Trump. Os EUA também têm estado em contacto com as autoridades do Japão e da Coreia do Sul.

A notícia da CNN surge um dia depois de a Reuters ter noticiado os esforços dos norte-americanos para estabelecer contacto com o regime de Kim Jong-un e numa altura, acrescenta a CNN, em que se aguarda com expectativa que Biden revele as novas orientações políticas para as relações com a Coreia do Norte.

Imagens de satélite obtidas pela CNN mostram instalações recentes que a Coreia de Norte terá tentado ocultar e que as agências de informação norte-americanas acreditam que estarão a ser usadas para armazenar armas nucleares.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG