Chuvas fortes levam mais de um milhão de pessoas a abandonar casas no Japão

Pelo menos uma pessoa morreu e duas estão desaparecidas. A previsão meteorológica indica que as fortes chuvas vão continuar durante vários dias em grande parte do Japão.

Mais de um milhão de pessoas abandonaram as suas casas na zona oeste do Japão, após enchentes e deslizamentos de terras provocaram, pelo menos, uma morte e dois desaparecidos.

As autoridades de Hiroshima e do Norte da ilha de Kyushu emitiram o nível mais alto de alerta face às chuvas intensas que se fazem sentir na região, recomendando a cerca de 1,4 milhões de residentes que deixassem as suas casas.

A televisão local divulgou imagens de resgates em botes salva-vidas nas ruas submersas da cidade de Karume.

Uma mulher de 59 anos morreu e dois elementos da sua família estão desaparecidos em Unzen, Nagasaki, após duas casas terem sido soterradas na sequência de um deslizamento de terras.

Mais de 150 soldados, polícias e bombeiros estão no local.

A previsão meteorológica indica que as fortes chuvas vão continuar durante vários dias em grande parte do Japão.

"Foram registados níveis de precipitação sem precedentes", apontou um funcionário da agência japonesa de meteorologia, Yushi Adachi, em conferência de imprensa.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG