Áustria convoca embaixador russo depois de declarações polémicas no Twitter

O Governo da Áustria vai convocar este domingo o embaixador russo no país, Mikhail Ulyanov, por ter escrito na rede social Twitter "Sem piedade para o povo ucraniano".

Depois de ter escrito esta mensagem, em reação a um novo pacote de ajuda militar à Ucrânia anunciado pelos Estados Unidos na quinta-feira, Ulyanov veio dizer que, afinal, estava a acusar as autoridades ucranianas de ignorarem a população e recusarem os esforços diplomáticos para acabar com a guerra, provocada há cerca de seis meses pela invasão do território ucraniano pelas tropas russas.

A justificação dada pelo embaixador, que entretanto apagou a mensagem, não convenceu as autoridades austríacas.

"Estamos indignados com as declarações desumanas do representante permanente da Rússia e com os seus propósitos de colocar em perspetiva o que não se pode colocar em perspetiva", afirmou, em comunicado, uma porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros austríaco, antes de confirmar a convocação no domingo de Mikhail Ulyanov.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG