Líder separatista catalão Carles Puigdemont detido em Itália

Informação foi confirmada pelo advogado do antigo presidente da região autónoma espanhola.

DN/AFP
© Tobias SCHWARZ / AFP

O eurodeputado e antigo presidente catalão Carles Puigdemont, exilado na Bélgica desde 2017, foi esta quinta-feira detido em Itália, informou o seu advogado.

Puigdemont estava a viver na Bélgica desde o referendo para a independência da região catalã, considerado ilegal pela lei espanhola, que mais tarde o acusou e condenou de sedição.

"O presidente Puigdemont foi detido à chegada na Sardenha, para onde viajou na capacidade de eurodeputado", afirmou o advogado Gonzalo Boye no Twitter, acrescentando que a detenção foi feita ao abrigo de um mandado de captura emitido em outubro de 2019.