A mensagem de Biden a Kim Jong Un: "Bom dia. Ponto final"

As conversações com Pyongyang estão em ponto morto desde uma cimeira, em 2019, entre Kim e o então Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

O Presidente norte-americano, Joe Biden, declarou-se este domingo, em Seul, preparado para um eventual ensaio nuclear da Coreia do Norte, mas reafirmou a abertura ao diálogo com uma mensagem a Kim Jong Un, antes de partir para o Japão.

Questionado por um jornalista que lhe perguntou se tinha uma mensagem para o homólogo norte-coreano, Kim Jong Un, o Presidente dos EUA respondeu com um lacónico: "Bom dia. Ponto final", uma forma de fazer saber que Washington mantém abertura ao diálogo com a Coreia do Norte, mesmo na falta de reciprocidade.

"Estamos preparados para tudo o que a Coreia do Norte pode fazer", assegurou, afirmando não estar inquieto, face a um eventual ensaio nuclear.

As conversações com Pyongyang estão em ponto morto desde uma cimeira, em 2019, entre Kim e o então Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

Biden deixou hoje a Coreia do Sul, ao início da tarde, em direção ao Japão, outro grande aliado dos Estados Unidos na região e segunda etapa do primeiro périplo pela Ásia como Presidente.

Em Seul, encontrou-se com o homólogo sul-coreano, Yoon Suk-yeol, um conservador pró-americano chegado ao poder no início de maio.

Os dois chefes de Estado concordaram com uma intensificação dos exercícios militares conjuntos, para conter as ações de Kim Jong Un.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG