Oito mortos em avalanches nos Alpes suíços no sábado

Outras três pessoas morreram entre quinta e sexta-feira também devido a avalanches.

Oito esquiadores morreram no sábado em avalanches nos Alpes suíços, apesar das advertências contra a prática de esqui devido às condições perigosas, de acordo com a atualização feita hoje pelas autoridades.

Três outras pessoas tinham morrido também na sequência da queda de massas de neve entre quinta e sexta-feira, totalizando assim 11 vítimas mortais em apenas três dias nos Alpes suíços.

De um grupo de nove esquiadores que sábado foi surpreendido por uma avalanche, quando se encontrava a cerca de 2.200 metros de altitude na região de Piz Vilan, quatro tiveram morte imediata e três sofreram ferimentos graves, tendo um deles vindo a morrer durante a noite já no hospital.

Também no sábado, um suíço de 31 foi arrastado por uma massa de neve enquanto esquiava fora da pista na região de Oberland Bernês e um outro jovem suíço, com 28 anos, ficou sepultado num deslizamento de neve na mesma região, tendo já sido encontrado sem vida.

Na zona este, em Wildhaus, um esquiador de 26 anos morreu na sequência de uma queda de um penhasco a 650 metros de altitude, tendo escapado ilesas duas pessoas que o acompanhavam.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG