Mais três mortes em avalanches nos Alpes

As três mortes de hoje elevam para seis as vítimas mortais que se registaram nos últimos dias na sequência de avalanches

Três pessoas morreram hoje em resultado de avalanchas nos Alpes Suíços, anunciou a polícia de Valais e Grisons citada pela Agência France Presse (AFP).

Um francês de 27 anos foi varrido por um deslizamento de neve enquanto praticava esqui com um familiar em Orsières, no Val d' Arpette, afirmou a polícia de Valais em comunicado. A segunda vítima, um suíço de 36 anos, ficou enterrada na neve em Arolla, também no cantão de Valais.

Segundo a polícia, os dois homens estavam equipados com sensores para vítimas de avalanchas.

Em Grisons, perto de Davos, um outro homem de 50 anos também morreu depois de ser completamente enterrado por um deslizamento de neve durante a prática de esqui.

De acordo com a AFP, nos últimos dias as avalanchas mataram já seis pessoas nos Alpes suíços.

O risco de avalancha é atualmente alto em várias regiões dos Alpes Suíços, segundo o Instituto para o Estudo da Neve e Avalancha.

A polícia de Valais tem alertado os desportistas para os riscos da prática fora de pista ou fazer caminhadas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG