Exclusivo Legislativas 2019. Dois terços de nomes novos nos cabeças-de-lista

Já está completo o quadro dos cabeças-de-lista às legislativas das formações atualmente com assento parlamentar. Só num partido é que a renovação fica abaixo dos 50%.

Partido Socialista, partido de governo e que as sondagens dão já perto da maioria absoluta. Esta é a formação partidária - das seis com assento na Assembleia da República - que menos renova nos cabeças-de-lista que apresentará a cada um dos 22 círculos eleitorais: só nove dos 22 nomes são novos face a 2015. Ou seja, uma taxa de renovação - contabilizando-se apenas os cabeças-de- lista - na ordem dos 41%.

Esta taxa fica cerca de 25 pontos percentuais abaixo da taxa de renovação global dos cabeças-de-lista nas seis formações partidárias aqui contabilizadas (PSD, PS, BE, CDS, CDU e PAN). Essa taxa é de quase dois terços. Mais precisamente de 65,9%. Dito de outra forma: quando se comparam os dados com os de 2015, 87 dos cabeças-de-lista são novos, num total de 132. Só 45 são repetentes das legislativas de 2015.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG