Premium A guerra que todos desejam vai rebentar na primavera

Quem vai sentar-se no trono de ferro? Que personagens escapam à morte? Milhões de pessoas anseiam pelo desenlace da adaptação televisiva da saga de fantasia A Guerra dos Tronos, fenómeno cultural de características únicas.

Arrecadou 47 Emmys, teve mais de 16 milhões de espectadores no último episódio (só nos EUA) e um número indeterminado - mas que se crê recorde - em pirataria. A Guerra dos Tronos parte para a última temporada envolta numa bruma de lenda e de fenómeno popular inaudito. É de prever que a febre atinja temperaturas elevadas em abril, mês da estreia dos restantes seis episódios da oitava temporada.

A fasquia está bem alta e os patrões do canal HBO abriram os cordões à bolsa. Cada episódio teve um orçamento de 15 milhões de dólares, adianta a Vanity Fair. Estica-se o dinheiro e prolonga-se a ação: os episódios serão mais longos do que o último da sétima temporada, que tinham 80 minutos. Dragões, lobos, mortos-vivos (alguns dos quais gigantes) vão contribuir para o clímax deste enredo, variação para adultos de O Senhor dos Anéis.

Ler mais

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG