Premium Camembert "autêntico" põe França em pé de guerra. E o Roquefort?

Camembert e roquefort envoltos em polémica em França. Carimbo de autenticidade disputado por pequenos produtores.

Um odor intenso invadiu, no mês passado, os corredores do Parlamento francês. O deputado Richard Ramos distribuiu pedaços de camembert pelas caixas de correio dos colegas. O motivo? Defender aquele que é considerado o queijo favorito dos franceses e cuja autenticidade, acredita o político, pode estar em risco.

"Atualmente, quem come um camembert da Normandia com a denominação DOP [de origem protegida] tem a certeza de que está a comer um produto feito com o leite cru das vacas da região. Mas, no futuro, as grandes empresas vão poder usar a mesma etiqueta, só que utilizando leite pasteurizado", explicou o político, crítico gastronómico na televisão, citado pela France Bleu, acrescentando que é o leite cru que faz que o camembert se distinga dos outros queijos.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Margarida Balseiro Lopes

Legalização do lobbying

No dia 7 de junho foi aprovada, na Assembleia da República, a legalização do lobbying. Esta regulamentação possibilitará a participação dos cidadãos e das empresas nos processos de formação das decisões públicas, algo fundamental num Estado de direito democrático. Além dos efeitos práticos que terá o controlo desta atividade, a aprovação desta lei traz uma mensagem muito importante para a sociedade: a de que também a classe política está empenhada em aumentar a transparência e em restaurar a confiança dos cidadãos no poder político.