Premium Tampões e pensos grátis? Escócia diz sim, Portugal vai "reforçar" acesso

Escócia é o primeiro país do mundo a pôr na lei a gratuitidade dos bens de higiene menstrual. Em Portugal estes produtos são taxados a 6%. Proposta de alteração ao OE2020 obriga o Governo a reforçar o acesso a tampões e pensos higiénicos, mas não está definido como.

O parlamento escocês aprovou na passada terça-feira um projeto de lei para disponibilizar produtos de higiene íntima feminina - como tampões ou pensos higiénicos - de forma gratuita a todas as mulheres. É o primeiro país do mundo a fazê-lo de forma sistemática, tentando assim acabar com o que é considerado como um fator de discriminação, normalizar a menstruação e combater a chamada "pobreza do período": o facto de muitas mulheres e meninas não terem dinheiro para suportar os custos destes produtos, com consequências no seu dia-a-dia, nomeadamente no que se refere à assiduidade escolar. A medida tem um custo estimado para o Estado de 28,9 milhões de euros.

A Escócia dá, assim, um último passo num caminho que já passou, em 2018, pela disponibilização gratuita destes produtos a mulheres carenciadas.

Ler mais

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG