Premium Buba Espinho: "Pego na guitarra e lá vai disto"

O cantor de Beja Buba Espinho junta no disco de estreia homónimo as suas duas grandes paixões musicais: o cante em que nasceu e o fado que o fez crescer.

É impossível não se fazer um paralelismo entre Buba Espinho e um outro seu conterrâneo famoso, também ele nascido e crescido no cante e que, tal como o jovem cantor alentejano, teve um dia de deixar Beja, em busca do sonho de fazer da música vida. Falamos de António Zambujo, que não por acaso canta em dueto com Buba o tema Roubei-te Um Beijo, escolhido para primeiro single do primeiro álbum homónimo, editado na sexta-feira nas plataformas online - o lançamento físico, tal como o concerto de apresentação, ficou adiado devido à pandemia do covid-19, muito embora o cantor tenha feito questão de o mostrar ao público, num concerto transmito pela internet no passado sábado.

A exemplo do seu "padrinho musical" (palavras do próprio), Buba nasceu no cante e teve no fado a sua porta de entrada para a cidade grande e, tal como Zambujo, também a sua música não se esgota num nem noutro destes estilos musicais, muito pelo contrário, antes os amplifica para lá das suas fronteiras naturais, como aliás de imediato se percebe neste auspicioso álbum de estreia. As comparações entre ambos, porém, ficam-se por aqui - e ainda bem, é caso para dizer -, pois, apesar de se tratar de um disco de estreia, Buba Espinho já não é propriamente um novato nestas andanças.

Ler mais

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG