Premium A purificação de Dumbo

Dumbo é um dos clássicos de Walt Disney que está a ser objeto de uma "reconversão" dos sentidos ideológicos das suas imagens. Quem promove tal reconversão são os próprios Estúdios Disney.

A aceleração mediática em que vivemos criou uma nova retórica da catástrofe: tudo pode estar contaminado por alguma ameaça. De tal modo que nem mesmo a meteorologia se satisfaz com o anúncio de ventos fortes ou chuvas intensas -passou a haver "alertas" (amarelo, laranja, etc.).

Os acontecimentos noticiados podem ser, e muitas vezes são, perturbantes ou ameaçadores. Mas a linguagem dominante deixou de conceber a possibilidade de qualquer acalmia: se saímos de um alerta é apenas porque outro está à beira de ser anunciado. Há mesmo quem, celebrando o mundo como permanente apocalipse, tenha substituído as notícias de "última hora" pela proliferação de alertas. Seja porque vem aí uma tempestade que vai alagar as nossas cidades ou porque Jorge Jesus vai aparecer em direto, há sempre motivos para estarmos em estado de alerta.

Ler mais

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG