Premium Procurar uma medalha e um lugar em Tóquio 2020

Tripulação portuguesa é liderada por Fernando Pimenta, campeão do mundo em K1 1000 e 5000. Mundial de canoagem decorre de quarta-feira a domingo, em Szeged, na Hungria.

Fernando Pimenta é a esperança maior de Portugal para obtenção de um lugar nos Jogos Olímpicos de Tóquio em 2020. Mas há mais. Ao todo são 12 os canoístas da seleção que compete nos Mundiais, de quarta-feira a domingo, em Szeged, na Hungria. "O Fernando carrega o título mundial conquistado em Portugal no ano passado e claro que vai ser um alvo a abater, mas ele está num excelente nível e já nesta época deu boas indicações, quer na Taça do Mundo quer nos europeus", lembrou ao DN Vítor Félix, presidente da Federação Portuguesa de Canoagem, revelando "expectativas elevadas" para os mundiais.

"A canoagem é uma modalidade de referência no desporto nacional e já habituámos mal (mas bem) os portugueses, porque cada vez que um atleta nosso participa numa competição internacional, é para lutar pelas finais e pelas medalhas, e temos noção de que a fasquia está bastante elevada", confessou Vítor Félix, lembrando que a maior parte dos atletas está no "apogeu das suas carreiras", com "a idade maturacional ideal para a prática da modalidade e com alguma juventude à mistura".

Ler mais

Exclusivos

Premium

Legionela

Maioria das vítimas quer "alguma justiça" e indemnização do Estado

Cinco anos depois do surto de legionela que matou 12 pessoas e infetou mais de 400, em Vila Franca de Xira, a maioria das vítimas reclama por indemnização. "Queremos que se faça alguma justiça, porque nunca será completa", defende a associação das vítimas, no dia em que começa a fase de instrução do processo, no tribunal de Loures, que contempla apenas 73 casos.