Aconteceu em 1960 - Atenção: há radares de velocidade em Lisboa

Nove multas em apenas uma hora na estreia dos radares de velocidade em Lisboa

A era moderna chegava à polícia de trânsito e o DN relatava o momento histórico: pela primeira vez, a polícia da cidade de Lisboa teria radares para controlar a velocidade a que seguiam os carros - e multá-los, caso violassem os limites impostos pela lei.

Nesta edição, o DN contava, passo por passo, como decorrera a estreia dos radares em Lisboa e como funcionava o esquema.

Sentado semioculto atrás de um poste em plena Avenida Gago Coutinho, "o agente no primeiro posto prime o botão de controlo à passagem de qualquer veículo em excesso de velocidade, informando simultaneamente pelo telefone do aparelho os postos seguintes da matrícula do carro em transgressão". O agente no segundo posto confirmaria o crime e um terceiro, mais adiante, aplicaria a multa. O sistema era complexo mas eficaz. Numa só hora do dia de estreia dos radares, nove condutores eram autuados por circular a mais de 60 km/h, o limite então estabelecido. Um deles "percorrera mais de 150 metros em nove segundos", relatava o DN.

Exclusivos

Premium

Clássico

Mais de 55 milhões de euros separam plantéis de Benfica e FC Porto

Em relação à época passada, os encarnados ultrapassaram os dragões no que diz respeito à avaliação do plantel. Bruno Lage tem à sua disposição um lote de jogadores avaliado em 310,7 milhões de euros, já Sérgio Conceição tem nas mãos um grupo que vale 255,5 milhões. Neste sábado, no Estádio da Luz, defrontam-se pela primeira vez esta temporada.