Exclusivo México - do longe fazer perto,  através da arte contemporânea

O que conhecemos nós da cultura mexicana contemporânea? Muito pouco. Para começar o combate a esse desconhecimento, a Embaixada do México traz a Lisboa o trabalho de três jovens artistas plásticos, um dos quais pintará um mural no Estádio Pina Manique.

Não enjeitam a tradição mas vêm a Portugal mostrar que existe arte mexicana para além de Diego Rivera e Frida Kahlo. Falamos dos pintores Sofia Castellanos, Rafael Ibarra e Alejandro Pintado, cujas obras poderão ser vistas na exposição México: Criadores Contemporâneos - Cultura, Natureza, Cosmos, patente na sede do Instituto Camões, em Lisboa, entre 22 de junho e 7 de julho. Paralelamente, Sofia, a mais jovem deste trio, pintará um mural frente à embaixada do México em Lisboa, em plena parede exterior do Estádio Pina Manique. Chamar-lhe-á La Caravana de la Vida e promete associar a exuberância natural do Parque Florestal do Monsanto, onde se localizam estádio e embaixada, à importância do desporto na formação dos jovens, uma das missões do Casa Pia Atlético Clube desde a sua fundação, em 1920.

Sofia está em Lisboa pela primeira vez, Rafael vive em Braga há sete anos, por amor a uma portuguesa, e Alejandro, não podendo deslocar-se a Portugal, faz-se representar pelos seus quadros. Para os dois primeiros, importa, antes de mais, mostrar ao público português a arte contemporânea do seu país para além do "postal ilustrado".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG