"Quem perdeu foi o país". A história de quem desistiu de ensinar
Premium

Educação

"Quem perdeu foi o país". A história de quem desistiu de ensinar

Há cursos de ensino que continuam a ficar desertos e, no quinto mês de aulas do ano letivo, turmas que ainda se defrontam com a falta de professores a determinadas disciplinas. O panorama mudou, a docência já não parece um privilégio e, para alguns, a solução é mesmo desistir.

Quem disse que, numa relação duradoura, o amor não basta, acertou. Pelo menos, no que toca à história destes professores. A dada altura, a paixão pela arte de ensinar tornou-se insuficiente para a sua sobrevivência, acabando por desistir do sonho que cultivavam desde crianças. Márcio trocou o ensino pela construção, Carla por uma empresa de embalagens de cartão e José pela publicidade. Voltariam já amanhã... se tudo fosse diferente. Os que ficaram, dizem, gabam-lhes a sorte: 84% dos docentes escolheria aposentar-se agora.

"Não imaginava que ser professora era isto"

Ler mais

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG