Premium Notre-Dame. "Foi uma parte da cultura europeia que se esfumou no incêndio"

Bernard-Henri Lévy afirma que encontra o melhor da União Europeia em Portugal e reserva uma das últimas datas da digressão para apresentar em Lisboa a peça À Procura da Europa. Uma crítica aos populismos.

No rescaldo do incêndio que destruiu horas antes parte da Catedral de Notre-Dame, em Paris, era impossível evitar a tragédia na entrevista que o intelectual francês, ativista político e social e filósofo, Bernard-Henri Lévy, deu ontem ao DN no Teatro Tivoli, em Lisboa.

Cidade a que regressará no dia 6 de maio para subir ao palco e apresentar a peça À Procura da Europa, uma hora e meia de um monólogo em que apela ao voto nas eleições europeias para evitar que os políticos populistas obtenham vitórias. A peça já percorreu parte das capitais europeias e a digressão de Bernard-Henri Lévy terminará em Paris.

Ler mais

Exclusivos