Premium Glenn Close à procura de um Óscar pela sétima vez

Seis vezes nomeada para Óscares de interpretação, sem nunca vencer, Glenn Close parece poder ter uma sétima oportunidade com A Mulher. O filme chega na quinta-feira às salas portuguesas.

A vida dos filmes, e através dos filmes, pode ser francamente insólita. Glenn Close, por exemplo. Atriz americana de enorme talento, conhecida e reconhecida desde que integrou o elenco de Os Amigos de Alex (1983), de Lawrence Kasdan, é muitas vezes citada como protagonista de uma consagração eternamente adiada. De tal modo que já obteve seis nomeações para Óscares de interpretação - incluindo por Atracção Fatal (1987) e Ligações Perigosas (1988), por certo os seus filmes mais famosos -, mas nunca ganhou.

Reencontramo-la, agora, a interpretar a personagem central de A Mulher, coprodução Suécia/Reino Unido/EUA com realização do sueco Björn Runge. Lançado há mais de um ano no Festival de Toronto, o filme só chegou às salas dos EUA em agosto de 2018, estando agora a ser lançado em muitos países (incluindo Portugal, com estreia agendada para quinta-feira). De tal modo que se especula sobre a possibilidade de Glenn Close obter, pelo menos, uma sétima nomeação para um Óscar.

Ler mais

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG