Premium Cientistas querem "ecocídio" reconhecido como crime de guerra pela ONU

Apesar dos sucessivos apelos da comunidade científica à ONU para uma V Convenção de Genebra, os conflitos armados continuam com grande poder destruidor, levando espécies à extinção, e a contaminar os recursos hídricos.

Numa carta aberta publicada na revista Nature, 24 cientistas de todo o mundo - Portugal incluído - instam a Comissão de Direito Internacional das Nações Unidas a adotar uma V Convenção de Genebra que qualifique a destruição da biodiversidade em zonas de conflitos armados como crimes de guerra. Para o efeito, está a circular uma petição que reúne já perto de 79 mil assinaturas; o objetivo é alcançar 80 mil.

Além destas duas iniciativas, os cientistas criaram uma nova designação, "ecocídio" (extermínio do meio ambiente), que querem ver equiparada a genocídio. É objetivo da comunidade científica que esta denominação passe a ter enquadramento legal.

Ler mais

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG