Premium Já se sente a febre pré-Óscares

Num ano em que os filmes da Netflix vão de certeza aos Óscares, a temporada dos prémios tem dado agora mais pistas para as possíveis nomeações. Os SAG e os Globos de Ouro dão O Irlandês e Era Uma Vez em... Hollywood como favoritos, mas Robert De Niro, por exemplo, está a perder o embalo.

Numa semana em que saíram as nomeações do Screen Actors Guild (SAG), a associação dos atores, e dos Globos de Ouro, os prémios da imprensa estrangeira em Hollywood, o panorama dos possíveis nomeados para os Óscares ficou com eleitos mais consubstanciados. Ainda assim, 2020 vai ter uma disputa com excesso de candidatos.

São muitos os possíveis nomeados que vão ficar de fora, em especial na categoria de melhor ator, em que a quantidade de desempenhos de excelência está a deixar numa pilha de nervos os estúdios, os publicistas e a própria imprensa. Um ano de engarrafamento que pode deixar Robert De Niro de fora em O Irlandês, sobretudo agora que não ficou nomeado nem nos Globos de Ouro nem nos SAG. E aí importa dizer que nomes como Joaquin Phoenix (Joker), Antonio Banderas (Dor e Glória), Jonathan Pryce (Dois Papas), Christian Bale (Le Mans 66': O Duelo), Leonardo DiCaprio (Era Uma Vez em... Hollywood) e especialmente Adam Driver (Marriage Story) estão bem mais cotados.

Ler mais

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG