O "cata-vento" Rio, a "onda" Ayuso e o Sporting quase, quase campeão

SÁBADO

A cerca sanitária que abriu os olhos para os imigrantes de Odemira

Primeiro foi a cerca sanitária devido ao elevado número de casos de covid em duas freguesias de Odemira decretada a 29 de abril, e aplicada no dia seguinte. Depois chegou a requisição civil decretada pelo governo às casas do empreendimento ZMar para alojar imigrantes trabalhadores das empresas agrícolas da região, muitos a viver em condições desumanas, como já antes testemunhara o DN A polémica que se seguiu abriu os olhos do país para a situação destes imigrantes. Pelo terreno passou o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, entre acusações de "falta de ação" do governo, apelos à demissão e o Presidente da República a defender uma investigação.

DOMINGO

Costa, o "cata-vento" e a resposta de Rui Rio

Em entrevista ao DN, ao JN e à TSF, António Costa comparou Rui Rio a "um cata-vento" e alertou para os perigos democráticos da "contaminação do PSD pelas ideias do Chega". "Um cata-vento tem uma grande vantagem sobre o Dr. Rui Rio: é que um cata-vento ao menos tem pontos cardeais, o Dr. Rui Rio não tem", disse o primeiro-ministro. A resposta do líder do PSD não tardou: "Numa entrevista de nível rasteiro, António Costa critica o meu discurso do 25 de Abril e diz que o PSD quer atacar a independência do poder judicial. Diz isto na semana em que o Parlamento Europeu o critica pela politização que fez na nomeação do procurador europeu. Que hipocrisia!", reagiu no Twitter.

SEGUNDA

Bill e Melinda Gates: divórcio e 130 mil milhões para dividir

"Já não acreditamos que podemos crescer enquanto casal." Foi assim, através de um comunicado publicado nas suas contas de Twitter, que Bill e Melinda Gates anunciaram o fim do casamento de 27 anos. O fundador da Microsoft e a mulher têm três filhos e prometem continuar a gerir juntos a fundação a que dão nome e que apoia causas humanitárias em todo o mundo. Mas o que todos se interrogam é o que vai ser da fortuna de 130 mil milhões de dólares do quarto homem mais rico do mundo. Bill e Melinda conheceram-se em 1987 quando ela foi trabalhar para a Microsoft e casaram-se em 1994, sem qualquer acordo pré-nupcial.

TERÇA

A "onda" Ayuso varreu Madrid mas irá alastrar a Espanha?

O dia começou com a notícia da morte do artista plástico Julião Sarmento e terminou com a vitória de Isabel Díaz Ayuso nas eleições regionais antecipadas de Madrid. A candidata do PP duplicou o número de deputados que conseguira em 2019, obtendo 65 - sem chegar à maioria absoluta mas mais do que toda a esquerda junta. Isso permite-lhe evitar uma coligação com o Vox, bastando-lhe a abstenção da extrema-direita para ser investida. Mas se foi a gestão da pandemia que transformou Ayuso, de 42 anos, de quase desconhecida em estrela da direita (com aplausos também em Portugal), a dúvida é se a "onda" se fica por Madrid ou se se transforma em "maré" capaz de varrer Espanha.

QUARTA

Dois meses e muitas dúvidas para definir o teletrabalho

Os patrões devem ou não pagar as despesas extras que um trabalhador pode ter quando está a trabalhar em casa? O trabalhador tem ou não direito a desligar a partir de uma determinada hora? São muitas as dúvidas sobre qual vai ser o regime do teletrabalho no futuro. Uma realidade que chegou para grande parte da população portuguesa com os confinamentos ditados pela pandemia, o teletrabalho parece ter vindo para ficar. Pelo menos em certos setores. A Assembleia da República tem agora dois meses para transformar num articulado único os dez projetos de regulamentação apresentados neste dia e que baixaram à comissão de trabalho sem votação.

QUINTA

Empate no clássico e o Sporting quase, quase campeão

Houve golos, indefinição no resultado, reclamações, penáltis reclamados (dois até que foram revertidos pelo VAR e pelo árbitro), nervos, polémica, mas no final do clássico que se jogou na Luz, o empate a um golo só teve uma grande consequência: deixar o Sporting ainda mais perto do título. Para os lados de Alvalade a festa já se prepara, afinal há 19 anos que os leões não são campeões. Mas agora está quase, quase. O empate na Luz deixou o Sporting a uma vitória do título, quando faltam três jornadas para o fim do campeonato. A festa, essa até pode ser que se faça já na segunda-feira, se o FC Porto não vencer o Farense, ou na terça-feira, se o Sporting ganhar ao Boavista.

SEXTA

Uma cimeira no Porto para pôr o Pilar Social "no centro do debate"

"Chegou o momento de pôr em marcha a recuperação económica e social com base nos motores das transições climática e digital. Mas esta recuperação só será sustentável e bem-sucedida se for justa e inclusiva", lançou António Costa na abertura da Cimeira Social que juntou no Porto os representantes das instituições europeias e líderes dos 27 Estados membros. Num ponto alto da presidência portuguesa do Conselho da UE, o primeiro-ministro defendeu ainda a necessidade de "pôr o Pilar Social no centro do debate europeu". Para este sábado está previsto o inédito encontro entre os líderes dos 27 e a Índia, apesar de a pandemia obrigar o primeiro-ministro, Narendra Modi, a participar apenas virtualmente.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG