Premium De rainha de Inglaterra a vilã: trilogia Millennium está de volta

A Rapariga Apanhada na Teia da Aranha é o regresso ao universo da trilogia bestseller Millennium, de Stieg Larsson, numa continuação da série assegurada pelo escritor David Lagercrantz. Estreia amanhã.

O corte de cabelo não mudou assim muito. Os piercings e as tatuagens também não. E as roupas escuras preservam uma identidade sombria bem vincada no estilo. Lisbeth Salander, a hacker justiceira da famosa trilogia Millennium, de Stieg Larsson, está de volta com uma diferença essencial: desta feita já não é Rooney Mara quem nos surpreende debaixo do capuz preto da protagonista, mas a atriz da série The Crown, Claire Foy (que vimos também, recentemente, em O Primeiro Homem na Lua).

Para desilusão de Mara, que chegou a mostrar-se mais do que disposta a regressar ao papel desafiante que a pôs no mapa de Hollywood, a troca aconteceu porque o novo realizador, o uruguaio Fede Alvarez, quis renovar o elenco no sentido de tornar o novo filme seu dos pés à cabeça - isto é, negando qualquer vestígio da assinatura de David Fincher, que, segundo a sua teoria de realização, estaria também associada aos atores do anterior Os Homens Que Odeiam as Mulheres (2011).

Ler mais

Exclusivos

Premium

Gastronomia

Quem vai ganhar em Portugal as próximas estrelas Michelin

É já no próximo dia 20, em Sevilha, que vamos conhecer a composição ibérica das estrelas Michelin para 2020. Estamos em festa, claro, e festejaremos depois com os nossos bravos, mesmo sabendo que serão poucos para o grande nível a que já chegámos. Fernando Melo* escreve sobre os restaurantes que podem ganhar estrelas Michelin em 2020 em Portugal.