Premium Vice-reitor da Católica: "Faculdade de Medicina é o futuro a dois/três anos"

José Manuel Pereira de Almeida é médico, padre e professor. Está no cargo de vice-reitor da Universidade Católica quase há um mês, desde 13 de setembro. A Faculdade de Medicina é um desafio a médio prazo, mas há outro: dar mais importância às pessoas do que aos números.

Dr. Pereira de Almeida ou padre Zé Manel. Tanto faz, é um só. Como diz, "sou um conjunto de aspetos e de características" que "o crescimento ajudou a melhorar." Mas é sobretudo alguém que está atento aos outros, à sua vulnerabilidade e ao seu cuidado. É assim que se define José Manuel Pereira de Almeida, o novo vice-reitor da Universidade Católica Portuguesa (UCP). É médico, padre, professor, amante da música de Caetano Veloso, "não perdi o último concerto em Lisboa", e um leitor de livros, ainda lê os que a mãe, com 95 anos, professora de Português e de Latim, lhe recomenda. O vice-reitor Pereira de Almeida - que substitui Tolentino Mendonça no cargo - tem 66 anos, nasceu em Lisboa, e foi para aqui que quis sempre voltar, mesmo depois de ter estudado em Itália, de ter andado pelo Alentejo já como médico ou pelas Beiras. Cresceu dentro da igreja, nos grupos de jovens, fez parte do movimento da Capela do Rato e um dia pensou que o sacerdócio poderia ser a sua missão, mas foi aconselhado a ir para médico primeiro e amadurecer. Foi o que fez. Mas a hipótese ganhou força, anunciou-o aos pais, num jantar em Évora, quando pensavam que lhes ia apresentar a namorada. Mas quem é Pereira de Almeida ou o padre Zé Manel? Ou o novo vice-reitor da Católica?

É o novo vice-reitor da Universidade Católica. Consegue definir-se em poucas palavras?

Ler mais

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG