Premium Duplo homicídio tinha uma mensagem: "Vou continuar a agredir-vos depois de morto"

A mãe e a filha de Sandra Cabrita foram assassinadas por Pedro Henriques que quis continuar a agredir a ex-mulher mesmo depois de morto. Esta é a visão de especialistas que analisaram os crimes cometidos no Seixal

O que pode ter levado um homem entre os 35 e os 40 anos, desempregado, a matar a sogra, a filha e a suicidar-se? O que leva um agressor a passar do amor ao ódio de forma tão brutal? Carlos Poiares, psicólogo forense e professor na Universidade Lusófona, e Ana Vasconcelos, pedopsiquiatra, são unânimes ao afirmar que só "uma mente muito perturbada" ou uma "dor mental medonha" podem levar um ser humano a transformar-se num assassínio.

Pedro Henriques estava separado da mulher. No dia 4 de fevereiro, teriam os dois de se apresentar no Tribunal de Menores e de Família do Seixal para ser avaliado e decidido o processo de regulação do poder paternal, o que não aconteceu. Pedro Henriques terá ido a casa da sogra nessa manhã levar a filha, Lara, de 2 anos, à Cruz de Pau, com quem tinha passado o fim de semana, para depois se dirigir à justiça, mas tudo mudou. Há a suspeita de que terá matado a sogra à facada e que terá desaparecido com a filha, que terá matado por asfixia. Nessa manhã, de terça-feira, Pedro Henriques ligou para o INEM a dar indicação de que o corpo da criança estava na bagageira do carro que deixou junto a uma escola, na Cruz de Pau, no Seixal. Pedro terá ainda partido de comboio até Pombal e depois de táxi para Castanheira de Pera, em Leiria, para se matar com a caçadeira do pai. O seu corpo foi encontrado nesta terça-feira, junto à casa dos pais, com quem estava também desavindo. A mãe iria testemunhar contra ele no processo de alienação parental. A confirmar-se que é o autor dos três atos, os especialistas dizem não haver dúvida de que quis deixar uma mensagem. Aliás, e segundo soube o DN junto de fonte policial, Pedro terá deixado uma frase escrita: "A culpa disto tudo é da família."

Ler mais

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG