Premium "As escolas nunca vão estar preparadas se não fizermos pressão para que estejam", diz secretária de Estado

O Decreto-Lei n.º 154/2018 define a educação inclusiva: todas as crianças e jovens com deficiência e em idade escolar têm de frequentar uma escola regular, mas pais e professores dizem que é preciso mais meios.

Francisca, 13 anos, tem perturbação de autismo e está em situação de abandono escolar. Até agora andou numa unidade de referência, mas neste ano passou para uma escola pública num dos agrupamentos do Porto.

Na turma de 28 a 29 alunos em que se integra, Francisca - que não fala nem é autónoma - e uma colega estão sinalizadas com deficiência.Mas para o pai "não chega saber que a recebem na escola, preciso de ter a garantia do que vai fazer e se vai ser acompanhada."

Ler mais

Exclusivos