Premium Quem são os inimigos de Nicolás Maduro

Dentro e fora de portas, ao presidente da Venezuela não falta quem o queira fora do palácio presidencial.

O presidente da Venezuela queixa-se de ter sido alvo de uma tentativa de assassínio. O ataque foi reivindicado pelo pouco conhecido grupo Movimento Soldados de Franelas, e seis pessoas foram detidas. Mas Nicolás Maduro foi expedito a apontar o dedo ao presidente cessante da vizinha Colômbia e aos grupos de extrema-direita que residem nos Estados Unidos.

"Não tenho dúvidas de que tudo aponta para a extrema-direita venezuelana em aliança com a extrema-direita colombiana e que o nome de Juan Manuel Santos está por trás deste atentado", disse Maduro.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Líderes europeus

As divisões da Europa 30 anos após o fim da Cortina de Ferro

Angela Merkel reuniu-se com Viktor Orbán, Emmanuel Macron com Vladimir Putin. Nos próximos dias, um e outro receberão Boris Johnson. E Matteo Salvini tenta assalto ao poder, enquanto alimenta a crise do navio da ONG Open Arms, com 107 migrantes a bordo, com a Espanha de Pedro Sánchez. No meio disto tudo prepara-se a cimeira do G7 em Biarritz. E assinala-se os 30 anos do princípio do fim da Cortina de Ferro.