Aconteceu em 1924 - Um inquérito sobre política inglesa

Neste dia 5 de novembro de 1924, o Diário de Notícias dava grande destaque a um inquérito realizado pelo seu correspondente em Londres sobre a política inglesa, em dia seguinte às eleições.

"A vitória dos conservadores e a opinião pública: um interessante inquérito do nosso correspondente em Londres." Assim abriu o DN o trabalho dedicado à política internacional neste dia 5 de novembro de 1924, numa altura em que retratava "a agonia do Partido Liberal, a posição dos trabalhistas, o novo rotativismo e o ministério de amanhã", no dia seguinte às eleições no país de Sua Majestade.

Reproduzindo os resultados que davam conta de uma preferência alargada dos britânicos pela ala conservadora, o DN concluía este inquérito afirmando que "os conservadores obtêm um brilhantíssima desforra do seu revés nas eleições passadas", com maioria absoluta garantida no escrutínio seguinte, em que os liberais seriam "esmagados".

Nas eleições gerais do ano anterior, fora eleito o primeiro primeiro-ministro trabalhista do Reino Unido (ainda reinava George V), embora o partido tivesse derrotado os conservadores liderados por Stanley Baldwin numa vitória parca e acabasse por não conseguir levar a cabo nenhuma das grandes reformas anunciadas. Esse facto, a par da suspensão ordenada por Ramsay MacDonald à investigação ao editor de um jornal comunista que incitara ao motim (veja mais aqui), foram determinantes para a queda do governo trabalhista em menos de um ano.

Nas eleições de 1924, como se confirmava no inquérito desenvolvido pelo DN em Londres, os conservadores viriam a recuperar a sua posição parlamentar maioritária, mantendo-se aos comandos durante os cinco anos seguintes.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG