Premium Assembleia quer mexer nos créditos a alunos para criar fundo... que já existe

Deputados recomendaram ao governo recurso a fundo para reforçar garantias do sistema de empréstimos a estudantes com vista a construir residências universitárias. Mas esse fundo já existe.

A Assembleia da República aprovou no passado dia 15 de março uma resolução, publicada nesta segunda-feira em Diário da República, em que recomenda ao governo a adoção de um "plano de emergência" para o alojamento de estudantes do ensino superior. Mas a implementação das medidas sugeridas não se antevê muito prática. Uma das propostas dirigidas ao executivo passa por recorrer a verbas do ​​​​​​POPH - Programa Operacional do Potencial Humano, utilizadas para reforçar as garantias do sistema de empréstimos a estudantes - pondo assim em causa o sistema - e transferi-las para um novo "fundo" que, no essencial, será igual ao que já existe desde outubro do ano passado.

Mais concretamente, a resolução, nascida de uma proposta do Bloco de Esquerda, propõe ao governo que, "através do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, reequacione o fundo financeiro disponibilizado para os empréstimos bancários a estudantes do ensino superior, utilizando-os na construção de mais residências universitárias e implementando um mecanismo financeiro de emergência para todos os estudantes deslocados que não encontrem oferta de alojamento nas residências universitárias".

Ler mais

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG