Renault admite abandonar gasóleo da maioria dos carros na Europa

Forte subida dos custos de desenvolvimento destes motores justifica opção da Renault

A Renault está a ponderar o abandono do uso de motores a gasóleo na maioria dos carros vendidos na Europa. A hipótese foi apresentada numa reunião interna que decorreu antes das férias de verão. A marca francesa alega que há custos elevados para desenvolver estas unidades e cumprir com as regras europeias de emissões, segundo as informações obtidas na terça-feira pela Reuters.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG